• Seja Bem Vindo!

    "Que a sua felicidade esteja no SENHOR! Ele lhe dará o que o seu coração deseja. Ponha a sua vida nas mãos do Senhor, confie nele e Ele o ajudará."

    [Salmo 37:4-5] - [Bíblia Nova Tradução na Linguagem de Hoje]

  • Crie Múltiplas Fontes de Renda

    Crise? Crie! Veja como!

    ******************************************
    Para Profissionais MMN

    ******************************************
    Torne-se um Mestre no Google Adwords

    ******************************************
    Internet Marketing

    ******************************************
    Magnet Blog

    ******************************************
    Magnet Copy

    ******************************************
    MagneTube

    ******************************************
    Auto Responder

  • Pagerank 1
    Medir

  • Acessos

    Criar site

  • Anúncios

Por que muitos profissionais de MMN falham?


Leia abaixo os 45 motivos de falha do Profissional de MMN

  1. Não escreve metas. Não sabe o que quer para sua vida. Não tem direção ou sonhos. Fica confuso e perdido.
  2. Sem compromisso. Sem ação.
  3. Desiste muito rápido. Freqüentemente antes dos primeiros 90 dias. Continue lendo
Anúncios

O Suficiente para ser Feliz!


Um pequeno caracol que vivia perto do oceano notou com inveja a grande e bonita concha em que a lagosta vivia.

— Que maravilhoso palácio a lagosta carrega em suas costas! Eu desejaria viver em seu lugar — lamentou o pequeno caracol.

— Oh, como meus amigos me admirariam nesta concha!

De repente, algo aconteceu. Continue lendo

Dicas para viver mais…


Ano novo…vida nova…novos hábitos!

As universidades de Harvard e Cambridge publicaram recentemente um compêndio com alguns conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida: Continue lendo

Feliz Ano Novo!


ミ★ Mαιѕ υм αησ ѕє ƒσι є ¢σм єℓє αѕ тαηтαѕ ρяσмєѕѕαѕ ∂є мυ∂αηçαѕ qυє ƒιzємσѕ ησ ѕєυ ιηí¢ισ.

мαιѕ υм αησ qυє νєм є ¢σм єℓє αѕ ρяσмєѕѕαѕ ѕє яєησναм, ѕãσ ησνσѕ σѕ ρяσנєтσѕ, ѕãσ яєησνα∂σѕ σѕ ¢σмρяσмιѕѕσѕ є, мαιѕ ∂σ qυє ηυη¢α, α єѕρєяαηçα ∂є мυ∂αя ραяα мєℓнσя яєѕѕυяgє ¢σм тσ∂α ƒσяçα.

É υм ησνσ αησ, é α єѕρєяαηçα, é α ¢єятєzα ∂є qυє тυ∂σ ѕєяá ∂ιƒєяєηтє, ∂є qυє тυ∂σ ѕєяá мєℓнσя. é υм ησνσ σℓнαя ραяα σ мυη∂σ, é σ яєηαѕ¢єя! σ мαιѕ ιмρσятαηтє, ρσяéм, é qυє ∂єνємσѕ αѕѕυмιя α ρяσмєѕѕα ∂є ѕєя ƒєℓιz є мαιѕ ηα∂α. é ιмρσятαηтє qυє ρєηѕємσѕ єм ѕєя є ηãσ αρєηαѕ ησ тєя.

É ιмρσятαηтє υмα вυѕ¢α ∂єηтяσ ∂є ηóѕ мєѕмσѕ ραяα qυє ρσѕѕαмσѕ ∂єѕ¢σвяιя σ ѕєgяє∂σ ∂α ƒєℓι¢ι∂α∂є. αмιgσѕ, qυє ѕєנα єѕтє σ αησ ∂є ѕєямσѕ тσ∂σѕ ƒєℓιzєѕ. є qυє ησ ησνσ αησ α ℓυz ∂σ ѕєηнσя ¢σηтιηυє ιℓυмιηαη∂σ σѕ ησѕѕσѕ ¢αмιηнσѕ є qυє ѕєυѕ αηנσѕ ησѕ ¢ση∂υzαм ѕємρяє υηι∂σѕ, єм вυѕ¢α ∂є υм ѕó σвנєтινσ. ★彡

Fєℓιz αησ ησνσ!!

Fєℓιz 2010!!

Dєυѕ αвєηçσє ѕυα νι∂α…ѕємρяє!

ミ★ Sιмσηє є Aη∂яé ¢αℓαмιтα★彡

Você já Aceitou o Presente?


Um Presente Diferente…

O dia de Natal se aproxima e muitos ficam na expectativa do que vão ganhar como presente.

Oh, não se preocupem, não há nada de errado com isso. Conservamos todos em nós essa criança que, mesmo quando diz que não, gosta de receber e se sabe que vai ganhar alguma coisa, fica assim, com o coração em estado de espera.

Sabemos que o Natal não deveria ser uma festa para nós, mas ela é também, já que somos nós os presenteados, os lembrados, os que reencontram nessa data muitos dos que estiveram distantes durante todo o ano. Continue lendo

A Coragem de Errar. (Ou Acertar)


Quando o fim do ano se aproxima, alguns de nós temos o costume de começar a rever aquilo que foi feito de bom, e também o que não foi tão bom assim em nossas vidas. No que diz respeito à vida profissional esta avaliação geralmente enfoca aspectos como relacionamento no ambiente de trabalho e desempenho no que diz respeito à realização de tarefas específicas.

Se você ainda não começou o seu “balanço”, deixo a sugestão de começar logo a fazê-lo, pois este é um hábito muito rico que pode nos ajudar a identificar pontos fracos e fortes para nosso desenvolvimento. Mas cuidado; não se deixe abalar caso descubra que cometeu alguns erros pelo caminho. Isto porque erros nem sempre são sinal de incompetência; algumas vezes pode até mesmo ser o contrário. Continue lendo

O seu futuro é… seu!


por José Cajaíba

Geralmente somos induzidos a acreditar que os eventos externos moldam e controlam nossas vidas, que o ser humano é produto do meio em que vive e que nós apenas reagimos aos acontecimentos. Tudo isto não passa de uma grande mentira.

Na realidade o que vale são os significados que cada um de nós dá aos eventos externos, que o meio é produto do ser humano e que somos criadores e provocadores dos acontecimentos.

Somos seres ativos e temos, dentro de cada um de nós, todo e qualquer recurso necessário para modificarmos nossas vidas e criarmos nosso próprio futuro.

E como podemos criar nosso futuro ? Continue lendo

Tem passado por lutas?


A maioria das pessoas de sucesso tiveram grandes problemas e obstáculos para superar. Problemas físicos, emocionais e outros financeiros. Muito provavelmente, essas pessoas não teriam atingido o sucesso se não tivessem que superá-los. A forma como se lida com os problemas, pode de fato fazer com que as pessoas cresçam.

Li certa vez que uma jovem se queixava-se ao seu pai, sobre seus problemas e como sua vida estava difícil. Seu pai, por sua vez, disse: venha comigo filha, quero lhe mostrar algo.

Ele a levou até a cozinha, onde colocou três panelas com água para esquentar no fogão. Enquanto isso cortou algumas cenouras e colocou na primeira panela, pegou dois ovos e colocou na segunda panela com água e um pouco de pó de café na terceira. Continue lendo

Você é Audacioso(a)?


O futuro pertence aos audaciosos…

Alguns anos atrás, 3 irmãos deixaram a quinta onde tinham crescido para ir para a vila. Os 3 foram empregados na mesma empresa, com o mesmo salário. Três anos depois, João ganhava 1000 euros por mês, Paulo 2000 euros e Joaquim 4000 euros.

O pai deles quando soube que não ganhavam a mesma coisa foi falar com o empresário para que este justificasse a razão pelo qual havia diferenças de salários.

Este disse-lhe: Continue lendo

Você é Otimista?


“Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.” [Roberto Shinyashiki]

10 Mandamentos do Otimismo

1- Hoje é o dia mais importante da sua vida. Não o sobrecarregue com lembranças dolorosos do ontem, nem com temores covardes do amanhã. Viva o dia de hoje com entusiasmo e harmonia.

2- Construa você mesmo sua Vida. Não permita que opiniões e erros alheios o conduzam ao fracasso.

Continue lendo

Você é um Funcionário Macaco?


Hoje eu li um artigo muito legal sobre o funcionário macaco…e quero compartilhar com você! Boa leitura!

Por Jorge Augusto Monteiro Carriça Administrador de Empresas

O FUNCIONÁRIO “MACACO” NOS DIAS DE HOJE

É conhecido como funcionário macaco aquele que Continue lendo

Você Estebelece Metas?


A qualidade mais importante que você pode desenvolver para obter sucesso ao longo da vida é o hábito de tomar medidas concretas a respeito de seus planos, metas, ideias e intuições. Quanto mais tentar, mais cedo alcançará a vitória. Seguem abaixo, 21 passos necessários para estabelecer e alcançar metas e viver uma vida maravilhosa.

Continue lendo

Qual é a condição básica para ganhar mais?


Os diretores, superintendentes, gerentes e supervisores têm de ser cada vez mais responsáveis por seus postos de trabalho (e pelos postos dos trabalhadores), não só para “ver” problemas, resolvê-los e decidir quais as soluções mais adequadas às situações de mudanças. Manter-se no posto de trabalho ficará cada vez mais complicado para quem não souber o que está acontecendo. A mudança vem subrepticiamente, às vezes silenciosa como uma serpente caminhando para dar o bote.

Continue lendo

Você é paciente?


Conta-se que….

Há muito tempo, em algum lugar do mundo, havia um homem que só queria ter duas coisas na vida: uma flor e uma borboleta.

Naquela época, flores e borboletas eram coisas raras, difíceis de encontrar. Mas Deus já era unanimemente reconhecido como Aquele que Tudo Faz e Tudo Pode. E bastante requisitado.

Continue lendo

Para Refletir


Um açougueiro estava em sua loja e ficou surpreso quando um cachorro entrou. Ele espantou o cachorro, mas logo o cãozinho voltou. Novamente ele tentou espantá-lo, foi quando viu que o animal trazia um bilhete na boca.

Ele pegou o bilhete e leu: Continue lendo

Você Desiste Fácil dos seus Sonhos?


O Fracasso é o Sucesso em Processo
Por Marcelo de Almeida

Ao longo da vida temos muitos obstáculos no caminho. Pessoas difíceis, decepções, portas fechadas e portas que se fecham, incidentes traumáticos, perdas e principalmente crises existenciais. Todas estas forças vão minando as nossas energias e então desistimos. Deixamos de sonhar, nos acomodamos e para piorar perdemos a fé na vida.

Continue lendo

Quais seus Sonhos?


Sonhar faz parte da nossa natureza! Sonhar faz bem! Alimenta a vida, porém como diria Abílio Diniz, Presidente do Grupo Pão de Açúcar, “enquanto alguns sonham com o sucesso, nós acordamos cedo para consegui-lo”.

É isso mesmo. Não há sucesso sem trabalho, aliás, sucesso antes de trabalho só no dicionário. Sonhar apenas não basta é preciso que coloquemos em ação uma estratégia para que possamos realizá-lo.

Abaixo, seguem dicas para que você realize seus sonhos! Boa leitura! Continue lendo

O Brilho de Tornar-se um Líder


Por Roberto Shinyashiki

O brilho de qualquer bom líder é, justamente,conseguir unir as grandes habilidades de cada membro e elevar a autoestima de todos, para que satisfação, felicidade e qualidade de vida sejam os pilares centrais do cotidiano.

Quantas vezes você já não ouviu inúmeras pessoas clamarem sobre a importância do líder dentro das empresas? Sem dúvida ela é crucial. Empresas sem bons líderes dispersam-se na busca de seus objetivos, fazendo com que suas metas expirem.

O problema é que, nem sempre, as organizações têm líderes preparados. Muita gente é promovida sem treinamento e experiência e acaba gerando um nível de estresse em todos os membros da equipe. Isso porque, tornar-se difícil remar na mesma direção. É preciso entender que para ser um líder, antes de qualquer coisa, é necessário entender de gente. Continue lendo

Como ser humilde?


Era uma vez um jovem. Ele sabia que, se se tornasse humilde, seria uma pessoa melhor, mais feliz e mais conectada a Deus e ao sagrado.

Um dia, esse jovem foi a um mosteiro e perguntou a um velho sábio que lá vivia:

– Sábio, o que devo fazer para me tornar uma pessoa humilde? Continue lendo

A Felicidade é Possível?


A luta pela sobrevivência está brutalizando o ser humano. As pessoas vivem extremamente pressionadas. A competição tem servido como justificativa para todos os tipos de absurdos. Milhões de anos depois do homem das cavernas, a vida continua sendo um campo de batalha. As pessoas destroem a si mesmas e aos outros para atingir suas metas. A maneira como constroem seu sucesso é agressiva, e a vitória é saboreada solitariamente, devido ao medo dos adversários.

O preço disso tudo tem sido muito alto. É impressionante o aumento do número de famílias desagregadas, do consumo de drogas e da violência insana que nos cerca. Há empresas cujos gerentes, com mais de dez anos de casa, sofreram infarto. Em muitas delas, as pessoas são consumidas como laranjas: espreme-se o suco e joga-se fora o que delas sobrou, o bagaço. Perdeu-se a dimensão do ser humano. Os Tempos Modernos de Chaplin estão cada dia mais atuais.

A sociedade transformou-se em um Continue lendo

Como Você Cultiva Boas Amizade?


Cultivar amigos faz bem!
Por Robson Brito

“Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão”. [Provérbios 17:17]

Pesquisadores descobriram que a endorfina é uma substância produzida a partir do carinho e da presença de um amigo, uma espécie de bálsamo para muitas das dores humanas.

A amizade não só libera este remédio natural produzido pelo cérebro, mas diminui a tensão interior e refrigera a alma. É como se o corpo se desarmasse, ancorado na segurança de ter um amigo. Além disso, ter uma pessoa do lado, com quem se possa contar, ajuda a controlar melhor a pressão arterial, contribui para proteger os vasos sanguíneos de possíveis lesões, equilibra o batimento cardíaco, bem como dá uma força e tanto contra a depressão.

Temos que aprender a desenvelopar a capacidade que Deus nos deu de fazermos amigos. Quando eu era adolescente, li um livro, publicado pela primeira vez em 1937, atualmente com mais de 15 milhões de exemplares vendidos. O nome da obra é “Como fazer amigos” e está dedicado a um amigo pessoal do autor. Esta dedicatória é a mais interessante que já vi: “Este livro é dedicado a um homem que não tem necessidade de sua leitura!”

Muita gente que está enferma hoje seria curada se tivesse aprendido a cultivar com mais afinco amizades sinceras e verdadeiras.

O cultivo de amizade é uma via de mão dupla. Continue lendo

Você Tem Medo de Ser Lider?


Neurociência ajuda a explicar e a combater o medo na liderança

Por Flávia Furlan Nunes – InfoMoney

Na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, um grupo de estudiosos tem usado a neurociência para ajudar na construção de uma liderança destemida.

Em palestra durante congresso da Sociedade Brasileira de Coaching, que aconteceu na terça-feira (10), o professor assistente da Escola de Medicina de Harvard e membro do NeuroBusiness Group, Srini Pillay, disse que o objetivo do grupo é entender a mente humana para descobrir qual o comportamento das pessoas no mundo dos negócios, inclusive daquelas que ocupam altos cargos.

“O antigo estilo de liderança tinha ligação com a hierarquia dominante. A nova liderança tem a ver com o sentir”, explicou. “Se nós ignorarmos as emoções, estamos ignorando um insumo do pensamento que leva à ação”.

O cérebro

De acordo com ele, o cérebro é constituído pelo subcórtex – que pode ser chamado de cérebro primitivo por responder pelos instintos humanos e pelos sentimentos – e pelo córtex – denominado novo cérebro e que diz respeito ao pensamento.

Continue lendo

A Preocupação e a Cadeira


“A preocupação é como a cadeira de balanço: mantém você ocupado, porém, não o leva a lugar algum.”

Contam que… Continue lendo

7 Modos de enfrentar as dificuldades da vida


“A NOSSA VISÃO DA VIDA DETERMINARÁ O NOSSO SUCESSO OU FRACASSO.
SEJA ENTÃO DOS QUE ACREDITAM, SE ESFORÇAM E VENCEM.
DEUS GOSTA DOS QUE NÃO RECUAM.”

Por Edilson Ramos

1 – Tenha a convicção de que Deus está no controle de tudo.

2- Não tenha medo de situações novas

3 – Tire proveito das dificuldades

4 – Não escute palavras de desânimo e dúvida

5 – Lembre-se de que você próprio é a solução

6 – Esteja se fortalecendo interiormente cada manhã

7 – Agradeça a Deus pela oportunidade de lutar e vencer

** Deus não nos deu o espírito de covardia! Lute sempre! Se tiver que perder que seja com classe! (Grifo nosso)

Pense nisso
Deus abençoe sua vida

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Você gasta com sabedoria?


Gastar com Sabedoria
Por Nério Venson

Como você decide seus gastos?

O que você leva em conta na hora de comprar?

Como você paga suas contas e suas compras?

As respostas para essas três perguntas simples determinam a qualidade dos seus gastos. Será que você gasta com sabedoria? Continue lendo

O Bom Uso da Imaginação


“Em momentos de crise, só a imaginação é mais importante que o conhecimento.”

Albert Einstein


O bom uso da Imaginação

Um cachorrinho, perdido na selva, vê um tigre correndo em sua direção.

Pensa rápido, vê uns ossos no chão e se põe a mordê-los.

Então, quando o tigre está a ponto de atacá-lo, o cachorrinho diz:

– Ah, que delícia este tigre que acabo de comer!

O tigre pára bruscamente e sai apavorado correndo do cachorrinho, e no caminho vai pensando:
“Que cachorro bravo!

Por pouco não come a mim também!”

Um macaco, que havia visto a cena, sai correndo atrás do tigre e conta como ele havia sido enganado.

O tigre, furioso, diz:

– Este Cachorro Vai me pagar!

O cachorrinho vê que o tigre vem atrás dele de novo e desta vez traz o macaco montado em suas costas.

“Ah, macaco traidor! O que faço agora?”, pensou o cachorrinho.

Em vez de sair correndo, ele ficou de costas, como se não estivesse vendo nada. Quando o tigre está a ponto de atacá-lo de novo, o cachorrinho diz:

– Macaco preguiçoso!

Faz meia hora que eu o mandei me trazer um outro tigre e ele ainda não voltou!

Pense nisso!
Deus abençoe sua vida

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

http://www.recrutafacil.com/andreesi

A Criatividade do Brasileiro


Por Professor Menegatti

Alguns profissionais de recrutamento e seleção fizeram um levantamento das novas profissões que estão aparecendo nos currículos. Isso sim é visão de futuro!

Especialista em Marketing Impresso (boy da xerox)

Supervisor Geral de Bem-Estar, Higiene e Saúde (faxineiro)

Oficial Coordenador de Movimentação Interna (porteiro)

Distribuidor de Recursos Humanos (motorista de ônibus) Distribuidor de Recursos Humanos VIP (motorista de táxi)

Distribuidor Interno de Recursos Humanos (Ascensorista)

Especialista em Logística de Energia Combustível (frentista)

Especialista em Logística de Documentos (office-boy)

Especialista Avançado em Logística de Documentos (moto-boy)

Técnico de Marketing Direcionado (distribuidor de santinho nas Esquinas)

Especialista em Logística de Alimentos (garçom)

Coordenador de Fluxo de Artigos Esportivos (gandula)

Distribuidor de Produtos Alternativos e Alta Rotatividade (camelô)

Técnico Saneador de Vias Públicas (gari)

Espero que você assim como eu tenha dado umas boas risadas ao ler esse texto…

Uma semana de paz e bênçãos

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com
http://www.recrutafacil.com/andreesi

O Desafio de ser Honesto


Conta-se que, por volta do ano 250a.C., na China antiga, um príncipe da região norte do país estava ás vésperas de ser coroado imperador, mas, de acordo com a lei, deveria-se casar. Sabendo disso, ele resolveu fazer uma competição entre as moças da corte ou quem quer que se achasse digna de sua resposta.

No dia seguinte, o príncipe anunciou que faria uma celebração especial e receberia todas as pretendentes para lançar o desafio.

Uma velha senhora, serva do palácio há muitos anos, ouvindo os comentários sobre os preparativos, sentiu uma leve tristeza, pois sabia que sua jovem filha nutria um sentimento de profundo amor pelo príncipe.

Ao chegar a casa e relatar o fato á jovem, espantou-se ao saber que ela pretendia ir á celebração e indagou incrédula:

– Minha filha, o que você fará-la? Estarão presentes todas as mais belas e ricas moças da corte. Tire esta idéia insensata da cabeça. Sei que você deve estar sofrendo, mas não torne o sofrimento uma loucura.

E a filha respondeu:

– Não, querida mãe, não estou sofrendo e muito menos louca, sei que jamais poderei ser a escolhida, mas é minha oportunidade de ficar pelo menos alguns momentos perto do príncipe. Só isto já me tornará muito feliz.

À noite, a jovem chegou ao palácio. Lá estavam de fato, todas as mais belas moças, com as mais determinadas intenções. Então, inicialmente, o príncipe anunciou as regras da competição:

– Darei a cada uma de vocês, uma semente. Aquela que, dentro de seis meses, me troxer a mais bela flor, será escolhida esposa e futura imperatriz da China.

O tempo passou e a doce jovem, como não tinha muita habilidade nas artes da jardinagem, cuidava com muita paciência e ternura de sua semente, pois sabia que, se a beleza da flor surgisse na mesma extensão de seu amor, ela não precisava se preocupar com o resultado.

Passaram-se três meses e nada surgiu. A jovem tudo tentara, usara de todos os métodos que conhecia, mas nada havia nascido. Dia após dia, ela via cada vez mais longe o seu sonho, mas cada vez mais profundo o seu amor. Por fim, os seis meses haviam passado e nada havia brotado. Consciente do seu esforço e dedicação, a moça comunicou a mãe que, independente das circunstâncias, retornaria ao palácio, na data e hora combinadas, pois não pretendia nada, além de mais alguns momentos na companhia do príncipe.

Na hora marcada estava lá, com seu vaso vazio, bem como todas as outras pretendentes, cada uma com uma flor mais bela do que a outra, das mais variadas formas e cores.

Finalmente chega o momento esperado, e o príncipe observa cada uma das pretendentes com muito cuidado e atenção. Ápos passar por todas, uma a uma, ele anuncia o resultado e indica a bela jovem como sua futura esposa. As pessoas presentes tiveram as mais inesperadas reações. Ninguém compreendeu por que ele havia escolhido justamente aquela que nada havia cultivado. Então calmamente o príncipe esclareceu:

– Esta foi a única que cultivou a flor que a tornou digna de se tornar uma imperatriz. A flor da honestidade, pois todas as sementes que entreguei eram estéreis.

Refletindo: Se para vencer, estiver em jogo a sua honestidade, perca. Você será sempre um vencedor!

Pense nisso

Fonte: Brilhos – Seleção de Textos para Reflexão

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com
http://www.recrutafacil.com/andreesi

NÃO Murmure.


“É durante as fases de maior adversidade que surgem as grandes oportunidades de se fazer o bem a si mesmo e aos outros”.
(Dalai Lama)

Não Murmure. Agradeça!
Por Marizete Furbino

Agradeça às oportunidades que lhe são concedidas no percurso de sua caminhada. Não temos o costume de fazer agradecimentos. Raramente agradecemos.

É cediço que o agradecimento, apesar de fazer parte de uma boa educação, está cada vez mais escasso em nosso meio. As pessoas não conseguem reconhecer os benefícios que chegam até as suas mãos, mas os prejuízos são vistos com exuberância.

Não há dúvida que o coração enrijecido, muitas vezes resultado de uma grande decepção, causa traumas, e por conseqüência, grandes estragos. Tais estragos, além de tornar o ser humano egoísta, insensível, às vezes amargo, intragável e de difícil convivência, leva-o a se fechar como uma ostra, a tal ponto de não reconhecer nenhum benefício advindo dos outros, não visualizando o valor que tem, nem mesmo os valores que as demais pessoas que se encontram ao seu lado possuem. Com freqüência parecem agir de olhos vendados, uma vez que não conseguem enxergar o valor das pessoas com as quais convivem, os benefícios que tais pessoas lhes proporcionam. Como resultado, tais pessoas correm sérios riscos de perderem relacionamentos valiosos, empregos e amizades, devido aos seus comportamentos e atitudes.

Ser grato a quem nos estende as mãos é mais do que uma obrigação. Temos que aprender a fazer o exercício da gratidão até mesmo em meio às tempestades da vida, pois, quando as marés estão altas e de difíceis acessos, adquirimos sabedoria, maturidade, e aprendemos a crescer e a agradecer.

Entendemos ainda que devemos aprender a conferir honras a todos os que convivem conosco, pois com estas pessoas aprendemos muito. Aprendemos a ser a cada dia um ser humano melhor. Sabemos que é inevitável conviver com pessoas de várias índoles – más e boas –, mas o convívio com pessoas de caráter ruim não pode ser um obstáculo. Ao contrário, quando nos encontramos diante das maldades e das retaliações sofridas, devemos aprender com isso e então nos transformarmos a cada dia em uma nova criatura, “dando o troco” de forma diferente. E assim a vida vai se transformando em um verdadeiro aprendizado. É bom recordar que o mundo é uma verdadeira escola.

É oportuno dizer que, mesmo o ser humano se encontrando estabilizado em sua vida pessoal e profissional, ainda assim este se encontra insatisfeito, sempre à procura de mais e mais, nunca se contentando com o que já possui; no entanto, deve sempre reconhecer e agradecer as oportunidades que a vida lhe confere.

Particularmente acreditamos que às vezes, em um dado período de nossa existência, passamos por um determinado “funil”, e se pensarmos bem criteriosamente, podemos verificar que talvez seja vital que repensemos a nossa maneira de agir e de viver; quem sabe talvez para aprender a nos valorizar e a valorizar mais o outro, a sermos mais humildes, a agirmos sem soberba, sem vaidade e gratos à toda oportunidade que a vida nos oferece.

Ademais, vale destacar que o dia termina à meia noite e que no dia seguinte, bons ventos poderão soprar a seu favor. Pensando assim, torna-se interessante perceber que atrás de ruínas vem a bonança; logo, perceber que este é somente um período de “tempestade”, mas que vai passar, é de vital importância no que tange ao enfrentamento da circunstância. Aproveite a oportunidade e seja inteligente, mantendo o equilíbrio sem desesperar em meio a quaisquer circunstâncias da vida. Não pense em abandonar o “barco”, pois o melhor a fazer é permanecer dentro dele.

Pelo exposto, torna-se importante pensar que, se você entrar em desespero, isso só o conduzirá a uma situação de risco, o que irá neutralizar a sua ação, impedindo-o de pensar e agir de forma acertada e de vislumbrar novas oportunidades e sem encontrar saída.

Se tivermos o hábito de lamentarmos, lamentarmos e lamentarmos, a vida se tornará um fardo pesado e perde o seu sentido; dessa forma, você não conseguirá enxergar as belezas que a vida lhe oferece e/ou tem a lhe oferecer.

Sabemos que a vida é efêmera e que estamos aqui neste mundo de passagem; assim, se pensarmos friamente e de forma cautelosa, nada justificará as lamentações. Lamentos não vão ajudá-los a resolver os problemas; ao contrário, irão facilitar a instalação de doenças, uma vez que somos seres psicossomáticos. Isso acarretará, além de vários problemas de saúde, mal-estar, tristeza, depressão e envelhecimento, e o que é pior, além de enrugar o físico, enruga a alma. Marcas na alma, se não trabalhadas, permanecem em nós como pegadas, provocando assim, inúmeros estragos.

Sendo assim, o melhor que você tem a fazer neste momento é parar e de forma cautelosa e fazer um verdadeiro balanço de sua vida.

Coloque os seus problemas em um papel, procure pensar, refletir, analisar e encontrar possíveis saídas.

Elabore um planejamento, estabeleça metas e objetivos em curto prazo, mantendo sempre o foco no alvo que deseja alcançar.

Descruze os braços, pare de lamentar e inicie imediatamente a caminhada, tenha em mente que é caminhando que teremos chances de revertermos o “quadro”. Parados não chegaremos a lugar algum. Enfim, de nada adiantará lamentar e queixar, você deve fazer acontecer.

À guisa de conclusão, cumpre aqui salientar que a vida é colorida de várias cores, mas somente você pode colorir a vida com as cores que você desejar. Tudo depende única e exclusivamente de você.

Tente! Você é capaz.
Pense nisto.

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Lições Para Bem Viver…


Segundo Gurdjieff um especialista russo em comportamento humano, traçou algumas regras de vida. Quem consegue praticar a metade dessas lições, com certeza terá menos estresse. As regras são as seguintes:

Aprenda a dizer não sem se sentir culpado ou achar que magoou. Querer agradar a todos é um desgaste enorme.

Planeje seu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço para o improviso, consciente de que nem tudo depende de você.

Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez. Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, você se exaure.

Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas.

Diferencie problemas reais de problemas imaginários e elimine-os, porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.

Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso.

É preciso ter sempre alguém em quem se possa confiar e falar abertamente ao menos num raio de cem quilômetros.

Saiba a hora certa de sair de cena, de retirar-se do palco, de deixar a roda. Nunca perca o sentido da importância sutil de uma saída discreta.

Não queira saber se falaram mal de você e nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, com reserva analítica, sem qualquer convencimento.

Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois, é ótimo… para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.

A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.

Pense nisso

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Metas: Troque 10 por 100!


Por Gilclér Regina

Se você é um vendedor, eu te pergunto: É mais fácil vender 10 mil reais ou 100 mil reais?

A verdade é que é mais fácil vender 100 mil reais e sabe por quê?

Se sua meta é vender 10 mil, o que está tentando é conseguir o suficiente para pagar suas contas. Está apenas conseguindo sobreviver.

E se essa é sua meta, se é isso o que representa para si mesmo como grande motivo para trabalhar, você acha que é o suficiente para você ficar alegre, eufórico, vibrante e fortalecido?

Neste caso, será que você não está pensando: “Amigo, tenho de ir trabalhar, preciso de dinheiro para pagar o raio das minhas contas”.

Olha, deixa-me te dizer uma coisa: Venda é venda. Você tem de fazer os mesmos telefonemas, marcar as mesmas visitas, encontrar as mesmas pessoas, entregar os mesmos produtos, dispor do mesmo tempo… Assim, é muito mais excitante, muito mais tentador partir para uma meta de 100 mil.

Você não pode querer ganhar dinheiro, fazer sucesso, praticar resultados, ser feliz, esperando vender apenas o suficiente para viver.

O que da vida é esperança… E esperança te dá motivação para fazer sempre mais, produzir mais, ser mais.

Você não é uma folha ao vento… Você pode dirigir melhor a sua vida. Quem move o mundo são os insatisfeitos. Um ser humano sem metas é um ser humano sem destino.

Lembre-se, ricos e pobres dispõem das mesmas 24 horas… O que os diferencia é a forma de pensar e o tamanho de suas metas. O que você está fazendo com suas 24 horas?

Seus sonhos são iguais cheques pré-datados… Sabe que no prazo certo poderá descontá-los.

Pense em metas com os pés no chão e a cabeça nas estrelas. Seja criativo. Além de criar coisas novas…

Abandone as velhas. Seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo.

Pense nisso!
Deus abençoe sua vida

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Se eu soubesse o que sei agora


Conta-se que o dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua e lhe falou: Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o senhor conhece tão bem. Poderia redigir um anúncio para o jornal?

Olavo Bilac, muito solícito, apanhou um papel e escreveu: Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeirão. A casa, banhada pelo sol nascente oferece a sombra tranqüila das tardes, na varanda.

Meses depois, o poeta topa com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.

Nem pensei mais nisso, disse o amigo. Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha.

Às vezes, para que possamos reconhecer o valor dos tesouros que possuímos, é preciso que alguém nos abra os olhos. E isso não acontece somente com relação aos bens materiais, mas também no campo afetivo.

Talvez motivados pela rotina ou pela acomodação, passamos a observar apenas as manias ou os pequenos defeitos daqueles que convivem conosco, esquecendo-nos das qualidades boas que eles possuem.

Não é raro alguém de fora nos surpreender com uma lista de virtudes dos nossos filhos, que passam despercebidas aos nossos olhos.

Ou, então, um colega que elogia nosso esposo ou esposa ressaltando qualidades que não estamos percebendo.

Esposas que criticam o marido porque ele não abre a porta do carro para ela, não puxa a cadeira para ela se sentar, esquece o aniversário de casamento, não lhe oferece flores no dia dos namorados…

Essas esposas não levam em conta que aquele mesmo homem é um pai carinhoso, dedicado, é trabalhador, honesto, e sempre que ela precisa, ele está por perto para ajudar.

Há maridos que desvalorizam suas esposas porque nem sempre estão em dia com a moda, porque os cabelos brancos não estão bem camuflados, porque não lhe dão atenção integral quando dela necessitam…

Esses esposos certamente não se dão conta do valor que essas mulheres têm. Não percebem quantas noites elas são capazes de passar acordadas, vigiando o filho doente, e enfrentar dias inteiros de trabalho exaustivo, sem reclamar.

Não se dão conta de que essas mulheres, tantas vezes, fazem verdadeiros malabarismos financeiros para poupar o marido de saber que o dinheiro do mês foi curto.

Mães e pais que criticam os filhos porque não atendem a todos os seus caprichos, ou porque nem sempre fazem as coisas como lhes determinam, esquecidos de que esses garotos e garotas têm muito valor.

São jovens que prezam pela fidelidade, que respeitam opiniões contrárias, que valorizam a família, que se dedicam a causas nobres, jovens saudáveis e cidadãos de bem.

Assim, não façamos como o comerciante que queria vender seu sítio, e ao ler o anúncio redigido por alguém de fora, mudou de idéia.

Tenhamos, nós mesmos, olhos de ver, ouvidos de ouvir e sensibilidade para sentir as boas qualidades e as virtudes daqueles que nos seguem mais de perto.

Você sabia?

Você sabia que há pessoas que nem sempre conseguem demonstrar seus verdadeiros sentimentos?

Talvez por medo de uma decepção ou por timidez, escondem-se atrás de uma couraça de proteção que as faz sentir-se mais seguras.

E essa forma de isolar-se, muitas vezes pode aparecer disfarçada de a

gressividade ou de comportamento anti-social.

É por essa razão que precisamos desenvolver nossa capacidade de penetrar os sentimentos das pessoas, um pouco além das aparências.

Momento de Reflexão

É triste dizer adeus…


Olá amado(a)!

Antes de postar, peço desculpas de coração pela ausência. Alguns me perguntaram por e-mail: ” Mas cadê suas postagens? Estou sentindo falta delas?” e, eu sinto muito por estar em falta. Este fim de semana foi muito difícil pra mim e pra todos de minha casa. Estamos com o coração muito apertado, pois faleceu uma tia muito, mas muito querida. Minha segunda mãe.

Perder alguém é realmente muito triste, doloroso e, ainda mais alguém tão amada, tão querida. Sei que ela está bem agora, onde está. Sei que está nos braços do Pai. Mas como dói! Sei que esta dor irá passar e que ficarão apenas lembranças dos belos e lindos momentos em família, dos natais, viradas de ano, festas de aniversários, enfim tantas datas comemoradas juntas.

Eu sei que Deus em sua infinita sabedoria fez o que era necessário, pois ela sofria de um cancêr há 8 anos. Lutou…lutou bravamente até o fim. Não sei se ela venceu o cancêr ou se o cancêr a venceu. Mas ficará pra sempre o seu sorriso, a sua vontade de viver, a sua força. Que agora ela possa descansar nos braços do nosso Pai Amado.

E, no domingo eu estava muito triste e, ao abrir meus e-mails, recebi de uma pessoa que não conheço uma linda mensagem. Senti que era pra mim. As vezes somos tão egoístas não é mesmo? Mas senti que aquela mensagem era pra mim, pra minha família. Este texto é de Letícia Thompson e retrata bem o que estamos sentindo. Não conheço a Letícia, mas  recebi dela mesma. Agradeço de coração, pois sei que Deus colocou em nosso caminho pra que naquele momento pudéssemos nos sentir consolados.

Segue abaixo o texto lindo de Letícia Thompson

É triste dizer adeus…

É triste dizer adeus, mas às vezes é necessário. Não podemos prender a nós definitivamente as pessoas que amamos para suprir nossa necessidade de afeto. O amor que ama, aprende a libertar.

Procuramos ganhar tempo para tudo na vida. Mas a vida, quando chega no próprio limite, despede-se e é esse último adeus que é difícil de compreender e, mais ainda, aceitar.

Possuímos um conceito errado do amor. Amar seria, no seu total significado, colocar a felicidade do outro acima de tudo, mas na realidade é a nossa felicidade que levamos em consideração. Queremos os que amamos perto de nós porque isso nos completa, nos deixa bem e seguros. E aceitar que nos deixem é a mais difícil de todas as coisas.

Não dizemos sempre que queremos partir antes de todos os que amamos? Isso é para evitar nosso próprio sofrimento, nossa própria desolação. É o amor na sua forma egoísta.

Aceitar um adeus definitivo é uma luta. Se as perdas acontecem cedo demais ou de forma inesperada, o sentimento de desamparo é muito maior e a dor mais prolongada. É o incompreensível casando-se com o inaceitável e o tudo rasgando a alma. Essas dores poderão se acalmar, mas nunca se apagarão.

Mas quando a vida chega ao final depois de primaveras e primaveras e outonos e mais outonos, nada mais justo que o repouso e aceitar a partida é uma forma de dizer ao outro que o amamos, apesar da falta que vai fazer.

Não podemos prender as pessoas a nós para ter a oportunidade de dizer tudo o que queremos ou fazer tudo o que podemos por elas. De qualquer forma, depois que se forem, sempre nos perguntaremos se não poderíamos ter dito ou feito algo mais. Mas essas questões são inúteis.

O amor que ama integralmente não quer ver o outro sofrer e ele abre mão dos próprios sentimentos para que o destino se cumpra, para que a vida siga seu curso.

As dores do adeus são as mais profundas de todas. Mas elas também amenizam-se com o tempo e um dia, sem culpa, voltamos a sorrir, voltamos a abrir a janela e descobrimos novamente o arco-íris da vida.

Depois da tempestade descobrimos um dia novo e o sol brilha de maneira diferente. E talvez seja assim que aprendemos a dar valor à vida, aos que nos cercam; aprendemos a viver de forma a não ter arrependimentos depois e aproveitar ainda mais cada segundo vivido em companhia daqueles que nosso coração ama.

(Texto de Letícia Thompson)
Mas que retrata muito bem o que sentimos agora, neste momento.

Tia
Lucia…muita, muita saudade…
Uma saudade eterna…
Certamente jamais esquecida…
Insubstituível…
A guerreira…que falta faz, mas descanse, descanse em paz!

Te amaremos sempre, sempre, por toda vida!

Simone Calamita

Digno de Sucesso


Por Gilberto Wiesel.
Falhar não significa que você não mereça ser um sucesso, e sim que não seguiu o melhor caminho em busca de seus objetivos. Você não precisa se transformar em outra pessoa para alcançar o sucesso. Tudo o que necessita é de uma estratégia vencedora.

Qualquer um pode alcançar as maiores conquistas, independentemente de suas limitações ou insucesso no passado. Não existem pessoas que são intrinsecamente um sucesso, apenas aquelas que seguiram estratégias vencedoras.

Você é tão digno de sucesso quanto a pessoa mais vitoriosa que possa imaginar. Os resultados que conseguir obter na vida dependem somente das ações que tomar. O sucesso não virá de graça, numa bandeja, mas também ninguém vai negá-lo. É preciso simplesmente determinar o que tem de ser feito e depois investir os esforços necessários para fazê-lo.

Pessoas de formações completamente diferentes, com limitações que, a principio, pareciam incontornáveis, encontraram formas de alcançar seus maiores objetivos mostrando que, com o esforço suficiente, tudo é possível.

Acesse o Website Gilberto Wiesel.

Pense nisso.
Deus abençoe sua vida.

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Você Decide!


Por Lair Ribeiro

Numa vila na Grécia, vivia um sábio famoso por saber sempre a resposta para todas as perguntas que lhe fossem feitas.

Um dia, um jovem adolescente, com um amigo, disse: “eu acho que sei como enganar o sábio. Vou pegar um passarinho e o levarei, dentro de minha mão, até o sábio. Então, perguntarei a ele se o passarinho está vivo ou morto. Se ele disser que está vivo, espremo o passarinho, mato-o e deixo-o cair no chão; mas se ele disser que está morto, abro a mão e o deixo voar.” Assim, o jovem chegou perto do sábio e fez a pergunta:

– Sábio, o passarinho que está em minha mão está vivo ou morto?

O sábio olhou para o rapaz e disse:

– Meu jovem, a resposta está em suas mãos!

Assim, é a vida. Independente de qualquer coisa, o SUCESSO esteve e estará sempre em suas mãos.

Pense nisso.

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Meu chefe não me ouve…


Por Prof. Menegatti

Muitos líderes, mesmo anunciando que as portas estão abertas, não sabem ouvir e os subordinados, em contrapartida, deixam de expor seus sentimentos por medo do que poderá acontecer ou por receio de serem totalmente ignorados.  Li uma frase bem interessante: “Meu chefe adora ouvir nossa opinião. Ele costuma sempre dizer: Nas nossas reuniões nossos funcionários entram com suas idéias e saem com as minhas”. Em resumo ele não ouviu nada. De acordo com a pesquisa Gallup, 66% das pessoas se demitem de seus chefes e não da empresa.

Você sabia que 60% dos problemas de gerenciamento é resultado de falhas na comunicação? Conforme crescem em autoridade, as pessoas costumam ficar mais impacientes quando se trata de ouvir seus subordinados. Deixar de ouvir é a primeira indicação de uma mente fechada.

Quanto mais alto o cargo que elas ocupam e maior a autoridade que detêm numa empresa, menos se sentem na obrigação de ouvir os outros. Mesmo assim, a necessidade de ouvir é ainda maior quando estão nessa situação, por se afastarem da linha de fogo, dependem ainda mais dos outros para receber as informações corretas.

Se não formarem o hábito de ouvir, com atenção, não terão como dispor dos dados de que precisam, e as pessoas não confiarão em suas decisões.


Deus abençoe sua semana e sua vida.

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Investir nas Aptidões


Investir nas aptidões, nas oportunidades, significa não ficar muito preocupado apenas em sanar deficiências, corrigir defeitos irrelevantes, em aflorar problemas nas pessoas e nas organizações.

As pessoas devem explorar convenientemente seus pontos fortes.

Muitas vezes, perde-se tempo, dinheiro, paciência, com “problemas” caracterizados como de personalidade, de comunicação, de motivação, quando, na verdade, o que faltava eram objetivos definidos e comunicados que aproveitassem as aptidões.

O que geralmente é visto com “um problema”, na verdade, é decorrência da própria estrutura organizacional, que também tem grande poder comunicador.

Ora, “nada” é problema isolado e não se resolve com a enorme bibliografia sobre temas como: “técnicas de chefia”, “técnicas de motivação”, “relações humanas”, etc.

O problema dos indivíduos nas organizações não se resolvem por eles sozinhos e sim em conjunto com a organização.

A principal patologia da organização é a falta de objetivos, e, às vezes, mesmo quando há objetivos, a sua má comunicação pode tornar a empresa doente.

Professor Luiz Machado, Ph.D.
Cientista Fundador da Cidade do Cérebro
Mentor da Emotologia

Fonte: Cidade do Cérebro

Um fim de semana de muita paz!

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Sua atitude determina sua altitude


Muitas vezes, o SER é o caminho mais curto e seguro para se TER o que deseja e isto vale para a vida profissional também

*Por Evaldo Costa

“Os sonhos determinam o que você quer. A ação determina o que você conquista”. Anônimo

Você costuma pensar nas coisas que você tem feito na vida e pela vida? Costuma parar para saber se o caminho que você está trilhando é o que gostaria de seguir? Costuma se perguntar se a sua atitude de hoje está te levando para mais próximo do ponto de chegada? Percebo, ao longo de minha vida, o quanto é surpreendente e fácil ser pego pela ilusão das nossas atividades, da nossa pressa, da correria do cotidiano, das tarefas inadiáveis, intolerância, arrogância, prepotência, exigência, impaciência, trabalho árduo de cada dia para subir a escada do TER mais sucesso, dinheiro, patrimônio, riqueza, e por aí vai.

“O que existe atrás de nós e o que existe à nossa frente são problemas menores, se comparado com o que existe dentro de nós.” Oliver W. Holmes

Não vejo nada de errado nisso desde que, é claro, que você aja com consciência, competência, benevolência, sabedoria, etc. O que assusta é a gente descobrir que passamos boa parte de nossas vidas se preocupando com o TER, sem dar a devida importância ao SER. Recentemente, ao terminar um seminário, fui procurado por um jovem de uns trinta anos. Em poucos minutos ele me contou sobre a sua trajetória profissional. Ele disse-me que antes dos vinte anos de idade abriu uma empresa e que de lá para cá ela não parou de crescer.

O jovem me relatou que quando tiver concluído a obra de uma filial as coisas ficarão melhores ainda. Disse-me também que se tivesse um sócio ou executivo bem preparado para ajudá-lo estaria lucrando mais. E, finalmente, ressaltou que se tivesse mais dinheiro o seu negócio certamente seria mais próspero. Fiquei pensando nas várias investidas que aquele rapaz empreendedor me contou. Pude perceber que quase tudo que ele me disse referia-se a TER e muito pouco a SER. A partir daí, comecei a ficar mais atento com as pessoas que conversam comigo sobre vida, negócios, família, lazer etc.

Uma pessoa no velório do amigo muito rico pergunta ao colega ao seu lado: “quanto ele deixou?” Ao que o outro respondeu: “ele deixou tudo”.

A conclusão que chego é que as pessoas passam boa parte da vida em busca do TER, algo do tipo:

Se eu tivesse mais tempo…;

Se eu tivesse mais dinheiro…;

Se eu tivesse um carro…;

Se eu tivesse uma casa nova…;

Se eu tivesse um verdadeiro amigo…;

Se eu tivesse uma formação melhor…;

Se eu tivesse um chefe mais companheiro…;

Se eu tivesse uma nova oportunidade…;

Se eu tivesse como tirar férias… etc.

“O que se leva desta vida é a vida que se leva”

É impressionante como esquecemos da importância do SER para TER o que queremos. Imagine se ao invés de ficar lamentando a falta do TER a pessoa adotasse uma postura proativa em prol do SER. Daí, tomando por base os exemplos acima evidenciados, ela poderia mudar a estrutura de seu pensamento, passando a refletir de acordo com as novas formulações a seguir:

Se eu for mais organizado com relação ao tempo que disponho…

Se eu for mais estudioso poderei no futuro conseguir uma colocação melhor;

Se eu for morar mais próximo do meu trabalho talvez não precise de carro;

Se eu for mais cuidadoso com meus gastos pessoais talvez consiga trocar a minha casa atual por uma nova;

Se eu for mais atencioso com as minhas amizades…

Se eu for mais dedicado e disciplinado nos estudos…

Se eu for mais compreensivo, tolerante e proativo talvez possa melhorar o relacionamento com o meu chefe;

Se eu for mais persistente, atencioso e participativo talvez surja uma nova oportunidade;

Se eu for menos centralizador e confiar mais nas pessoas talvez seja possível tirar uns dias de férias com a família.

“Faça como o carpinteiro: meça duas vezes e corte uma.”

Tenho testemunhado muitos exemplos de pessoas que passaram boa parte da vida buscando o TER sem se darem conta de que, muitas vezes, o SER é o caminho mais curto e seguro para se TER o que deseja. Sair por ai como um trator de esteira abrindo caminho na marra, sem planejamento, cuidados adequados, respeito ao próximo causando mágoas e ressentimentos pode ser igual ao carpinteiro que sobrecarregado com seus apetrechos de trabalho sua a camisa para alcançar o último degrau de uma enorme escada só para constatar que a apoiou na parede errada.

Será que não seríamos pessoas melhores e mais felizes se nos preocupássemos mais com o SER do que com o TER?

*Evaldo Costa é Escritor, Professor, Consultor e Conferencista.

Deus abençoe sua vida.

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Marketing Pessoal


Quando falamos de um produto, sabemos que existem esforços para que ele seja notado, apreciado e adquirido. São esforços de marketing. Meios que visam potencializar as vendas dos produtos, utilizando a divulgação através
da promoção, propaganda, embalagem, etc.
O marketing pessoal é a mesma coisa, porém em benefício de sua própria carreira. É fazer-se notado por suas qualidades, habilidades e competências. Não é ser chamado de “puxa-saco”.

Então, o que devemos fazer para termos um bom marketing pessoal e sermos reconhecidos e valorizados, obtendo assim o sucesso e a realização profissional?

Seguem algumas dicas:

– Você deve ter liderança, desenvolvendo assim habilidades de influenciar pessoas e ser um formador de opinião.

– Deve transmitir confiança aos seus chefes e companheiros de trabalho. Deve ser a pessoa que todos sabem que se algo precisa ser bem feito, tem que ser feito por você.

– Precisa saber o que está fazendo e porque está fazendo. Fuja de fazer apenas algo que mandam fazer, sem saber do que se trata. Diferencie-se, torne-se um especialista em suas atividades e o motivo para a execução delas.

– Saiba trabalhar em equipe e administrar conflitos. Mesmo que você tenha mais habilidades em determinadas atividades, colabore para o desenvolvimento de seus colegas de trabalho. Afinal, uma equipe coesa produz mais, melhor e com mais satisfação.

– Saiba valorizar seu trabalho e apresente bons resultados. Tenha uma boa visibilidade. Sempre que tiver oportunidade, além dos resultados apresente seus projetos e ideias, mesmo que informalmente.

– Seja uma pessoa otimista e bem humorada. Ninguém gosta de rabugentos, aqueles profissionais cuja presença faz murchar até o pequeno cacto ao lado da mesa. Pessoas otimistas e bem humoradas proporcionam um ambiente agradável e irradiam bem estar a todos à sua volta.

– Faça um bom planejamento de onde pretende chegar. Qual a situação que almeja profissionalmente, e tenha paciência. Tudo acontecerá ao seu tempo desde que, obviamente, você direcione seus esforços para realizar-se, conforme o planejado.


Fonte: www.dicasprofissionais.com.br

Pense nisso

Deus abençoe sua vida.

André e Simone Calamita

http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Correndo Juntos


Há alguns anos, nas Olimpíadas Especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental ou física, alinharam-se para o início da corrida dos 100 metros rasos. Ao sinal, todos partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar.

Todos, com exceção de um garoto, que tropeçou no asfalto, caiu rolando e começou a chorar.

Os outros oito ouviram o choro. Diminuíram o passo e olharam para trás.

Então eles viraram e voltaram. Todos eles.

Uma das meninas, com Síndrome de Down, ajoelhou, deu um beijo no garoto e disse: “Pronto, agora vai sarar”. E todos os nove competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada.

O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos. E as pessoas que estavam ali, naquele dia, continuam repetindo essa história até hoje.

Por que? Porque, lá no fundo, nós sabemos que o que importa nesta vida é mais do que ganhar sozinho. O que importa é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir o passo e mudar de curso.

Pense nisso.
Deus abençoe

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Muito além de uma porta…


Por Dr. Içami Tiba (Psiquiatra e psicodramatista há mais de 34 anos)

Se você encontrar uma porta à sua frente, poderá abri-la ou não. Se você abrir a porta, poderá ou não entrar em uma nova sala. Para entrar, você vai ter que vencer a dúvida, o titubeio ou o medo. Se você venceu, você deu um grande passo: nesta sala vive-se. Mas também tem um preço: são inúmeras as outras portas que você descobre.

O grande segredo é saber quando e qual a porta deve ser aberta.

A vida não é rigorosa: ela propicia erros e acertos. Os erros podem ser transformados em acertos, quando, com eles, se aprende. Não existe a segurança do acerto eterno.

A vida é generosa: a cada sala em que se vive, descobre-se outras tantas portas. A vida enriquece a quem se arrisca a abrir novas portas. Ela privilegia quem descobre seus segredos, e generosamente oferece afortunadas portas. Mas a vida também pode ser dura e severa: se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela sua frente.

É a repetição perante a criação. É a monotonia cromática perante o arco-íris. É a estagnação da vida. Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens.

Pense nisso.
Deus abençoe sua vida

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Os Três Conselhos


Contam que…

Um casal de jovens recém-casados, era muito pobre e vivia de favores num sítio do interior.

Um dia o marido fez a seguinte proposta a esposa :

— Querida eu vou sair de casa, vou viajar para bem longe, arrumar um emprego e trabalhar até ter condições para voltar e dar-te uma vida mais digna e confortável.

Não sei quanto tempo vou ficar longe, só peço uma coisa, que você me espere e, enquanto estiver fora, seja fiel a mim, pois eu serei fiel a você.

Assim sendo o jovem saiu.

Andou muitos dias a pé, até que encontrou um fazendeiro que estava precisando de alguém para ajudá-lo em sua fazenda.

O jovem chegou e ofereceu-se para trabalhar, no que foi aceito.

Pediu para fazer um pacto com o patrão, o que também foi aceito.

O pacto seria o seguinte :

— Me deixe trabalhar pelo tempo que eu quiser e quando eu achar que devo ir, o Senhor me dispensa das minhas obrigações.

— Eu não quero receber o meu salário.

Peço que o Senhor o coloque na poupança, até o dia em que eu for embora. – No dia em que eu sair o Senhor me dá o dinheiro e eu sigo o meu caminho.

Tudo combinado.

Aquele jovem trabalhou durante vinte anos, sem férias e sem descanso.

Depois de vinte anos chegou para o patrão e disse :

— Patrão, eu quero o meu dinheiro, pois estou voltando para a minha casa.

O patrão então lhe respondeu :

— Tudo bem, afinal, fizemos um pacto e vou cumpri-lo, só que antes, quero lhe fazer uma proposta, tudo bem ?

— Eu lhe dou todo o seu dinheiro e você vai embora ou eu lhe dou três conselhos e não lhe dou o dinheiro e você vai embora.

Se eu lhe der o dinheiro eu não lhe dou os conselhos e se eu lhe der os conselhos eu não lhe dou o dinheiro.

— Vá para o seu quarto, pense e depois me de a resposta.

Ele pensou durante dois dias, procurou o patrão e disse-lhe :

— Quero os três conselhos.

O patrão novamente frisou :

— Se lhe der os conselhos, não lhe dou o dinheiro.

E o empregado respondeu :

— Quero os conselhos.

O patrão então lhe falou :

01) Nunca tome atalhos em sua vida, caminhos mais curtos e desconhecidos podem custar a sua vida;

02) Nunca seja curioso para aquilo que é mal, pois a curiosidade para o mal pode ser mortal;

03) Nunca tome decisões em momentos de ódio ou de dor, pois você pode se arrepender e ser tarde demais.

Após dar os conselhos, o patrão disse ao rapaz, que já não era tão jovem assim:

— Aqui você tem três pães, dois para você comer durante a viagem e o terceiro é para comer com sua esposa quando chegar a sua casa.

O homem então, seguiu seu caminho de volta, depois de vinte anos longe de casa e da esposa que ele tanto amava.

Após o primeiro dia de viagem, encontrou um andarilho que perguntou:

— Pra onde você vai ?

Ele respondeu :

— vou para um lugar muito distante que fica a mais de vinte dias de caminhada por esta estrada.

O andarilho disse-lhe então :

— Rapaz, este caminho é muito longo, eu conheço um atalho que “é dez” e você chega em poucos dias.

O rapaz contente, começou a seguir pelo atalho, quando lembrou-se do primeiro conselho, então voltou e seguiu o caminho normal.

Dias depois soube que o atalho levava a uma emboscada.

Depois de alguns dias de viagem, cansado ao extremo, achou uma pensão à beira da estrada, onde pôde hospedar-se.

Pagou a diária e após tomar um banho deitou-se para dormir.

De madrugada acordou assustado com um grito estarrecedor.

Levantou-se de um salto só e dirigiu-se à porta para ir até o local do grito.

Quando estava abrindo a porta, lembrou-se do segundo conselho.

Voltou, deitou-se e dormiu.

Ao amanhecer, após tomar o café, o dono da hospedagem lhe perguntou se ele não havia ouvido um grito e ele disse que tinha ouvido.

O hospedeiro disse :

E você não ficou curioso ? ele disse que não.

No que o hospedeiro respondeu :

— Você é o primeiro hóspede a sair vivo daqui, pois meu filho tem crises de loucura; grita durante a noite e quando o hospede sai, mata-o e enterra-o no quintal.

O rapaz prosseguiu na sua longa jornada, ansioso por chegar a sua casa.

Depois de muitos dias e noites de caminhada…

Já ao entardecer, viu entre as árvores a fumaça de sua casinha, andou e logo viu entre os arbustos a silhueta de sua esposa.

Estava anoitecendo , mas ele pôde ver que ela não estava só.

Andou mais um pouco e viu que ela tinha entre as pernas, um homem a quem estava acariciando os cabelos.

Quando viu aquela cena, seu coração se encheu de ódio e amargura e decidiu-se a correr de encontro aos dois e a matá-los sem piedade.

Respirou fundo, apressou os passos, quando lembrou-se do terceiro conselho.

Então parou, refletiu e decidiu dormir aquela noite ali mesmo e no dia seguinte tomar uma decisão.

Ao amanhecer, já com a cabeça fria ele disse :

— Não vou matar minha esposa e nem o seu amante.

Vou voltar para o meu patrão e pedir que ele me aceite de volta.

Só que antes, quero dizer a minha esposa que eu sempre fui fiel a ela.

Dirigiu-se à porta da casa e bateu.

Quando a esposa abre a porta e o reconhece, se atira ao seu pescoço e o abraça afetuosamente.

Ele tenta afastá-la, mas não consegue.

Então com lágrimas nos olhos, lhe diz :

— Eu fui fiel a você e você me traiu…

Ela espantada lhe responde :

Como ? Eu nunca te trai, esperei durante esses vinte anos.

Ele então lhe perguntou :

— E aquele homem que você estava acariciando ontem ao entardecer ?

E ela lhe disse :

— Aquele homem é nosso filho.

— Quando você foi embora, descobri que estava grávida.

Hoje ele está com vinte anos de idade.

Então o marido entrou, conheceu, abraçou seu filho e contou-lhes toda a sua história, enquanto a esposa preparava o café.

Sentaram-se para tomá-lo e comer juntos o último pão.

Após a oração de agradecimento, com lágrimas de emoção, ele parte o pão e ao abri-lo, encontra todo o seu dinheiro, o pagamento por seus vinte anos de dedicação.

Muitas vezes achamos que o atalho “queima etapas” e nos faz chegar mais rápido, o que nem sempre é verdade…

Muitas vezes somos curiosos, queremos saber de coisas que nem ao menos nos dizem respeito e que nada de bom nos acrescentará…

Outras vezes, agimos por impulso, na hora da raiva, e fatalmente nos arrependemos depois…

Espero que você, assim como eu, não se esqueça desses três conselhos e não se esqueça também, de CONFIAR (mesmo que a vida muitas vezes já tenha te dado motivos para a desconfiança).

Pense nisso!
Deus abençoe sua vida

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Como arrumar um marido rico…


Amado(a)….o texto é muito bom…rsrs.

Como arrumar um marido rico

Uma moça escreveu um email para uma revista financeira pedindo dicas sobre “como arrumar um marido rico”.

Contudo, mais inacreditável que o “pedido” da moça, foi a disposição de um rapaz que, muito inspirado, respondeu à mensagem, de forma muito bem fundamentada.

——————————————————————————————————————————————-

Mensagem/email da MOÇA:

Sou uma garota linda (maravilhosamente linda) de 25 anos. Sou bem articulada e tenho classe..

Estou querendo me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano.

Tem algum homem que ganhe 500 mil ou mais neste site?

Ou alguma mulher casada com alguém que ganhe isso e que possa me dar algumas dicas?

Já namorei homens que ganham por volta de 200 a 250 mil, mas não consigo passar disso. E 250 mil por ano não vão me fazer morar em Central Park West.

Conheço uma mulher (da minha aula de ioga) que casou com um banqueiro e vive em Tribeca! E ela não é tão bonita quanto eu, nem é inteligente..

Então, o que ela fez que eu não fiz? Qual a estratégia correta? Como eu chego ao nível dela?” (Rafaela S.)

————————————————————————————————-

Mensagem/resposta do RAPAZ:

Li sua consulta com grande interesse, pensei cuidadosamente no seu caso e fiz uma análise da situação.

Primeiramente, eu ganho mais de 500 mil por ano. Portanto, não estou tomando o seu tempo a toa….

Isto posto, considero os fatos da seguinte forma: Visto da perspectiva de um homem como eu (que tenho os requisitos que você procura), o que você oferece é simplesmente um péssimo negócio.

Eis o porquê: deixando as firulas de lado, o que você sugere é uma negociação simples, proposta clara, sem entrelinhas : Você entra com sua beleza física e eu entro com o dinheiro.

Mas tem um problema.

Com toda certeza, com o tempo a sua beleza vai diminuir e um dia acabar, ao contrário do meu dinheiro que, com o tempo, continuará aumentando.

Assim, em termos econômicos, você é um ativo sofrendo depreciação e eu sou um ativo rendendo dividendos.

E você não somente sofre depreciação, mas sofre uma depreciação progressiva, ou seja, sempre aumenta!

Explicando, você tem 25 anos hoje e deve continuar linda pelos próximos 5 ou 10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano.

E no futuro, quando você se comparar com uma foto de hoje, verá que virou um caco.

Isto é, hoje você está em ‘alta’, na época ideal de ser vendida, mas não de ser comprada.

Usando o linguajar de Wall Street , quem a tiver hoje deve mantê-la como ‘trading position’ (posição para comercializar) e não como ‘buy and hold’ (compre e retenha), que é para o quê você se oferece…

Portanto, ainda em termos comerciais, casar (que é um ‘buy and hold’) com você não é um bom negócio a médio/longo prazo!

Mas alugá-la, sim!

Assim, em termos sociais, um negócio razoável a se cogitar é namorar.

Cogitar…Mas, já cogitando, e para certificar-me do quão ‘articulada, com classe e maravilhosamente linda’ seja você, eu, na condição de provável futuro locatário dessa ‘máquina’, quero tão somente o que é de praxe: fazer um ‘test drive’ antes de fechar o negócio…podemos marcar?”

———————————————————————

OBS.: Não é a toa que o cara ganha $500.000 por ano !

Fonte: Um toque de motivação

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Dicas para o Crescimento Profissional


Algumas Dicas para o Crescimento Profissional segundo um dos maiores conferencista no desenvolvimento do potencial humano Prof. Menegatti.

Aparência: As roupas não fazem uma pessoa, mas fazem 90% do que vemos dela. Se alguém não projetar a imagem adequada, as pessoas não acreditarão que aquilo que ela diz seja importante.

Pessoas bem-sucedidas se diferem pelo modo de falar, vestir e recebem tratamento diferenciado em quase todos os encontros sociais e profissionais, mas a roupa incorreta pode, definitivamente, deixar de fora uma pessoa inteligente.

Perdão: Conheço um homem chamado Davi, que perdeu seu braço direito em um acidente industrial. Ele me descreveu um fenômeno chamado “dor fantasma”. Anos após o acidente, Davi ainda sente, de vez em quando, uma dor latejante como se fosse na mão ou no braço desaparecidos. Seu cérebro tem armazenado lembranças de incidentes passados que o machucaram e os nervos ainda podem emitir sinais de dor, embora o membro físico já não exista mais. E você, ainda culpa as pessoas por erros cometidos no passado?

Objetivos: O Dr. Bernie Siegel descobriu que podia prever qual de seus pacientes com câncer apresentariam melhoras, ao perguntar: “Você quer viver até os cem anos de idade?”. Os que tinham profunda noção dos objetivos de vida respondiam sim, e eram aqueles com maiores probabilidades de sobrevivência. A esperança é gerada quando se tem objetivos. Isso funciona com a sua saúde, na vida e na carreira.

Ânimo: Passe seu tempo livre com pessoas que levantem seu ânimo. Dedicar tempo a gente positiva minimizará o efeito das criticas negativas. Se você anda com gente mal humorada, crítica e ranzinza as chances de você se tornar igualmente crítica são enormes. Podemos tirar uma lição da natureza. Quando um falcão é atacado por corvos, ele não contra-ataca. Em vez disso, ele voa cada vez mais alto e em círculos até que seus inimigos o deixem em paz.

Persistência: Algumas flores, como a rosa, precisam ser esmagadas para que sua fragrância seja liberada. Algumas frutas precisam ser espremidas para liberarem seu sumo. Alguns metais, como o ouro, precisam ser colocados na fornalha para atingir valor e pureza. Todos nós precisamos ter alguns fracassos para chegarmos ao sucesso.

Amizades: O sentimento de solidão não apenas afeta a atitude, os relacionamentos e a aparência de uma pessoa, como também altera a sua saúde física. Um relatório de um instituto de saúde afirmou: “o fator de risco mais previsível de doença cardíaca é a solidão”. Então, cultive amizades.

Confiança:
O circo estava na cidade e um repórter de televisão entrevistava um dos artistas, um jovem homem flexível que trabalhava no trapézio. Ele era um “voador”, explicou aquele que voava graciosamente pelo ar, muito acima do chão, para os fortes braços de um “apanhador”. “Eu sou aquele para quem se volta o olhar do público”, afirmou o jovem atleta, mas não sou a estrela. “A verdadeira estrela é o apanhador, que está suspenso pelos joelhos e me apanha, impedindo-me de cair. Eu apenas vôo pelo ar e confio no apanhador”.

Pense nisso.
Deus abençoe

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Alegria de ter o suficiente


Um conhecido psicólogo, especializado em aconselhamento financeiro, disse que com o declínio da fortuna de seus clientes, sua clínica prosperou. Ele declarou estar mais ocupado do que jamais esteve em 30 anos. Ele afirma que as pessoas ricas nunca estiveram tão alarmadas: “Elas acreditam que essa recessão é semi-permanente”. Pesquisas indicam que dinheiro e situação econômica lideram a lista dos fatores que provocam estresse, para 8 entre cada 10 pessoas, no mundo ocidental, e os mais ricos não estão imunes.

O escritor Richard Peterson fala a respeito de um cliente, “cuja fortuna, antes estimada em U$ 400 milhões, hoje vale U$ 200 milhões! Pelo seu comportamento, você poderia pensar que se trata de alguém prestes a se tornar um morador de rua, uma sucata da sociedade. Está aborrecido por não poder mais manter seu jatinho privado. Está à beira da devastação, porque agora terá de voar de primeira classe em vôos comerciais!” O lema que prevalece no mercado de trabalho do século XXI parece ser: “Vida, liberdade e busca de apenas um pouquinho mais”.

Compare essa filosofia com a convicção fundamentada na Bíblia: “Vocês são bem-aventurados quando estão satisfeitos em ser exatamente quem são – nem mais, nem menos. Neste momento vocês descobrem que são orgulhosos possuidores de tudo aquilo que não pode ser comprado” (Mateus 5.5 – tradução livre).

Um rico empresário da Avenida Madison, em New York, caminhava ao longo da praia de uma comunidade litorânea em suas férias. O CEO notou um pescador ocioso, sentado ao lado de seu barco, sua pele bronzeada e curtida pelo sol, vento e água do mar. Ele parecia não ter pressa para fazer coisa alguma. Curioso com a falta de atividade do pescador, o empresário perguntou-lhe:

– Por que você não está pescando?

– Porque já peguei peixes suficientes para o dia de hoje – respondeu o pescador.

– Por que você não pesca mais do que precisa? – perguntou o empresário.

– O que eu faria com o excedente?

– Você poderia ganhar mais dinheiro e comprar um barco melhor; com isso, poderia ir mais longe mar a dentro, pegar peixes maiores, comprar redes de nylon e ganhar mais dinheiro. Em breve poderia ter uma frota de barcos e ficar rico como eu.

O pescador ficou pensativo e depois perguntou: – E depois, o que eu faria?

– Você poderia descansar e desfrutar da vida.

– E o que você acha que eu estou fazendo agora? – respondeu o sábio pescador.

Querer mais, mais e mais! Nos principais centros de negócios do mundo, a atitude dominante parece ser: “Mais dinheiro, mais coisas, mais status!” Esse é um círculo implacável, sem fim, que gera cobiça e descontentamento, bem como úlceras e ataque cardíaco. Podemos comparar esse ponto de vista com a perspectiva oferecida pelo apóstolo Paulo: “Aprendi a estar satisfeito em qualquer circunstância” (Filipenses 4.11 – tradução livre).

Texto adaptado de “The Clallenge” (O Desafio), escrito e publicado por Robert D e Rick Foster. Autorização para reprodução desde que com os devidos créditos, é concedida e estimulada. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)

Pense nisso!
Deus abençoe sua vida

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com
http://www.recrutafacil.com/andreesi

Você sabia que…


Você sabia que…

Quando você ri, acontecem coisas maravilhosas que beneficiam seu corpo e sua mente. São liberadas endorfinas em seu cérebro, que lhe dão uma “alta natural” de humor. Seu sistema respiratório faz o mesmo tipo de trabalho que faria em uma corrida.

O riso alivia a dor. Só se pode rir quando se está descontraído. E quanto mais você se descontrai, menos dor sente. Isso transforma os livros e filmes engraçados nos analgésicos ideais. Na verdade, não se pode ficar com úlceras e rir ao mesmo tempo, é preciso escolher um ou outro.

Vamos considerar que você está falido e que acabou de bater o carro, que está em meio a um processo de divórcio e que há uma goteira no telha, bem em cima da sua cama. Se tudo isso já está acontecendo, para que piorar tudo ficando infeliz também? A arte de ser feliz envolve estar apto a rir das dificuldades o mais rápido possível, assim que elas acontecem. Uma pessoa, envolvida na situação acima, poderia resistir ao riso por dois anos.

Outra, por sua vez, poderia decidir parar de chorar duas semanas depois, para começar a rir do que aconteceu. Dessa forma, a primeira pessoa fica se sentindo arrasada por 50 vezes mais tempo do que a segunda. E o que é pior: por opção! Todos nós passamos por períodos ruins. As pessoas felizes optam por não demorar a ver o lado divertido de seus desapontamentos.

As crianças podem ensinar muito a respeito do riso. Os jovens felizes riem praticamente de tudo, de maneira natural e sem pudores. Eles parecem saber de maneira intuitiva que umas boas risadas os mantêm saudáveis e equilibrados. Eles chegam equipados com uma sede insaciável por alegria e diversão.

É uma pena que quando chegam à idade adulta, essa atitude seja substituída por outra que diz: “a vida é muito séria”… Uma de nossas maiores responsabilidades para com os outros é nos divertir! Quando estamos nos divertindo, sentimo-nos melhores, trabalhamos melhor e as pessoas querem ficar perto de nós…

Em poucas palavras: A vida não é tão séria. Vamos levar o humor mais a sério. Se as coisa não melhorarem, pelo menos não vão piorar.

Confie mais em vc e sorria…crie uma aura de humor ao teu redor.

(texto de Andrew Matthews, no livro “Seja Feliz”)

Pense nisso.
Deus abençoe sua vida.

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

A arte…


….de julgar os outros.


Contam que…
Eram dois vizinhos. Um deles comprou um coelho para os filhos. Os filhos do outro vizinho também quiseram um animal de estimação.

E os pais desta família compraram um filhote de pastor alemão. Então começa uma conversa entre os dois vizinhos:

– Ele vai comer o meu coelho!

– De jeito nenhum. O meu pastor é filhote. Vão crescer juntos e “pegar” amizade!!!

E, parece que o dono do cão tinha razão. Juntos cresceram e se tornaram amigos.

Era normal ver o coelho no quintal do cachorro e vice-versa. As crianças, felizes com os dois animais.

Eis que o dono do coelho foi viajar no fim de semana com a família. E não levaram o coelho.

No domingo, à tarde, o dono do cachorro e a família tomavam um lanche tranquilamente, quando, de repente, entra o pastor alemão com o coelho entre os dentes, imundo, sujo de terra e morto.  O cão levou uma tremenda surra! Quase mataram o cachorro de tanto agredi-lo.

Dizia o homem:

– O vizinho estava certo. Só podia dar nisso!

Mais algumas horas e os vizinhos iam chegar. E agora?!

Todos se olhavam. O cachorro, coitado, chorando lá fora, lambendo os seus ferimentos.

– Já pensaram como vão ficar as crianças?

Não se sabe exatamente quem teve a idéia, mas parecia infalível:

– Vamos lavar o coelho, deixá-lo limpinho, depois a gente seca com o secador e o colocamos na sua casinha. E assim fizeram. Até perfume colocaram no animalzinho. Ficou lindo. Parecia vivo, diziam as crianças.

Logo depois ouvem os vizinhos chegarem.

Notam os gritos das crianças.

– Descobriram!

Não passaram cinco minutos e o dono do coelho veio bater à porta, assustado. Parecia que tinha visto um fantasma.

– O que foi?! Que cara é essa?

– O coelho, o coelho…

– O que tem o coelho?

– Morreu!

– Morreu? Ainda hoje à tarde parecia tão bem.

– Morreu na sexta-feira!

– Na sexta?!

– Foi. Antes de viajarmos, as crianças o enterraram no fundo do quintal e agora ele reapareceu!

A história termina aqui. O que aconteceu depois fica para a imaginação de cada um de nós. Mas o grande personagem desta história, sem dúvida alguma, é o cachorro. Imagine o coitado, desde sexta-feira procurando em vão pelo seu amigo de infância. Depois de muito farejar, descobre seu amigo coelho morto e enterrado. O que faz ele? Provavelmente com o coração partido, desenterra o amigo e vai mostrar para seus donos, imaginando que o fizessem ressuscitar.

E o ser humano continua julgando os outros…

A outra lição que podemos tirar desta história é que o homem tem a  tendência de julgar os fatos sem antes verificar o que de fato aconteceu.

Quantas vezes tiramos conclusões erradas das situações e nos achamos donos da verdade?

Histórias como essa, são para pensarmos bem nas atitudes que tomamos. Às vezes, fazemos o mesmo…

“A vida tem quatro sentidos: amar, sofrer, lutar e vencer.

Então: AME muito, SOFRA pouco, LUTE bastante e se possível…VENÇA sempre!!!”

Pense nisso
Deus abençoe sua vida.

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Reflexão


“Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá a falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um “não”.

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou construir um castelo…”

(por Fernando Pessoa)

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Tese de Guerdjef


Tese de um pensador russo chamado Guerdjef, que no início do século passado já falava em auto-conhecimento e na importância de se saber viver.

Dizia ele…

“Uma boa vida tem como base o sentido do que queremos para nós em cada momento e,  daquilo que realmente vale como principal”.

Assim sendo, ele traçou 20 regras de vida que foram colocadas em destaque no Instituto Francês de Ansiedade e Stress, em Paris.

Dizem os “experts” em comportamento que, quem já consegue assimilar 10 delas, com certeza aprendeu a viver com qualidade interna. Ei-las:

  1. Faça pausas de dez minutos a cada duas horas de trabalho, no máximo. Repita essas pausas na vida diária e pense em você, analisando suas atitudes.
  2. Aprenda a dizer não sem se sentir culpado ou achar que magoou. Querer agradar a todos é um desgaste enorme.
  3. Planeje seu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço para o improviso, consciente de que nem tudo depende de você.
  4. Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez. Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, você se exaure.
  5. Esqueça, de uma vez por todas, que você é imprescindível. No trabalho, casa, no grupo habitual. Por mais que isso lhe desagrade, tudo anda sem a sua atuação, a não ser você mesmo.
  6. Abra mão de ser o responsável pelo prazer de todos. Não é você a fonte dos desejos, o eterno mestre de cerimônias.
  7. Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas.
  8. Diferencie problemas reais de problemas imaginários e elimine-os porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.
  9. Tente descobrir o prazer de fatos cotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem também achar que é o máximo a se conseguir na vida.
  10. Evite se envolver na ansiedade e tensão alheias enquanto ansiedade e tensão. Espere um pouco e depois retome o diálogo, a ação.
  11. Família não é você, está junto de você, compõe o seu mundo, mas não é a sua própria identidade.
  12. Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso, a trave do movimento e da busca.
  13. É preciso ter sempre alguém em que se possa confiar e falar abertamente ao menos num raio de cem quilômetros. Não adianta estar mais longe.
  14. Saiba a hora certa de sair de cena, de retirar-se do palco, de deixar a roda. Nunca perca o sentido da importância sutil de uma saída discreta.
  15. Não queira saber se falaram mal de você e nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, com reserva analítica, sem qualquer convencimento.
  16. Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois, é ótimo … para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.
  17. A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.
  18. Uma hora de intenso prazer substitui com folga 3 horas de sono perdido. O prazer recompõe mais que o sono. Logo, não perca uma oportunidade de divertir-se.
  19. Não abandone suas 3 grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência e a fé!
  20. E entenda de uma vez por todas, definitiva e conclusivamente:

VOCÊ É O QUE SE FIZER SER!

Pense nisso!
Deus abençoe sua vida.

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com

Você é importante…


A história é linda…mas desconhecemos o autor! De qualquer forma, acredite, você é importante pra mim e pras pessoas que estão ao seu lado. Mas acima de tudo, VOCÊ É IMPORTANTE PARA DEUS. JESUS TE AMA!

Um dia, quando eu era calouro na escola, vi um garoto de minha sala caminhando para casa depois da aula.

Seu nome era Kyle. Parecia que ele estava carregando todos os seus livros.

Eu pensei:

‘Por que alguém iria levar para casa todos os seus livros numa Sexta-Feira? Ele deve ser mesmo um C.D.F’!

O meu final de semana estava planejado (festas e um jogo de futebol com meus amigos Sábado à tarde), então dei de ombros e segui o meu caminho.

Conforme ia caminhando, vi um grupo de garotos correndo em direção a Kyle.

Eles o atropelaram, arrancando todos os livros de seus braços, empurrando-o de forma que ele caiu no chão.

Seus óculos voaram e eu os vi aterrissarem na grama há alguns metros de onde ele estava. Kyle ergueu o rosto e eu vi uma terrível tristeza em seus olhos.

Meu coração penalizou-se! Corri até o colega, enquanto ele engatinhava procurando por seus óculos.

Pude ver uma lágrima em seus olhos. Enquanto eu lhe entregava os óculos,disse: ‘Aqueles caras são uns idiotas! Eles realmente deviam arrumar uma vida própria’. Kyle olhou-me nos olhos e disse: ‘Hei, obrigado’!

Havia um grande sorriso em sua face. Era um daqueles sorrisos que realmente mostram gratidão. Eu o ajudei a apanhar seus livros e perguntei onde ele morava.

Por coincidência ele morava perto da minha casa, mas não havíamos nos visto antes, porque ele freqüentava uma escola particular.

Conversamos por todo o caminho de volta para casa e eu carreguei seus livros. Ele se revelou um garoto bem legal.

Perguntei se ele queria jogar futebol no Sábado comigo e meus amigos. Ele disse que sim. Ficamos juntos por todo o final de semana e quanto mais eu conhecia Kyle, mais gostava dele.

Meus amigos pensavam da mesma forma.

Chegou a Segunda-Feira e lá estava o Kyle com aquela quantidade imensa de livros outra vez! Eu o parei e disse:

‘Diabos, rapaz, você vai ficar realmente musculoso carregando essa pilha de livros assim todos os dias!’.

Ele simplesmente riu e me entregou metade dos livros. Nos quatro anos seguintes, Kyle e eu nos tornamos mais amigos, mais unidos. Quando estávamos nos formando começamos a pensar em Faculdade.

Kyle decidiu ir para Georgetown e eu para a Duke. Eu sabia que seríamos sempre amigos, que a distância nunca seria problema. Ele seria médico e eu ia tentar uma bolsa escolar no time de futebol. Kyle era o orador oficial de nossa turma. Eu o provocava o tempo todo sobre ele ser um C.D.F.

Ele teve que preparar um discurso de formatura e eu estava super contente por não ser eu quem deveria subir no palanque e discursar.

No dia da Formatura Kyle estava ótimo.

Era um daqueles caras que realmente se encontram durante a escola.Estava mais encorpado e realmente tinha uma boa aparência, mesmo usando óculos.

Ele saía com mais garotas do que eu e todas as meninas o adoravam! Às vezes eu até ficava com inveja.

Hoje era um daqueles dias. Eu podia ver o quanto ele estava nervoso sobre o discurso. Então, dei-lhe um tapinha nas costas e disse: ‘Ei, garotão, você vai se sair bem!’

Ele olhou para mim com aquele olhar de gratidão, sorriu e disse:

-‘Valeu’!

Quando ele subiu no oratório, limpou a garganta e começou o discurso:

‘A Formatura é uma época para agradecermos àqueles que nos ajudaram durante estes anos duros. Seus pais, professores, irmãos, talvez até um treinador, mas principalmente aos seus amigos. Eu estou aqui para lhes dizer que ser um amigo para alguém, é o melhor presente que você pode lhes dar.Vou contar-lhes uma história:’

Eu olhei para o meu amigo sem conseguir acreditar enquanto ele contava a história sobre o primeiro dia em que nos conhecemos. Ele havia planejado se matar naquele final de semana! Contou a todos como havia esvaziado seu armário na escola, para que sua Mãe não tivesse que fazer isso depois que ele morresse e estava levando todas as suas coisas para casa.

Ele olhou diretamente nos meus olhos e deu um pequeno sorriso.

‘Felizmente, meu amigo me salvou de fazer algo inominável!’ Eu observava o nó na garganta de todos na platéia enquanto aquele rapaz popular e bonito contava a todos sobre aquele seu momento de fraqueza.

Vi sua mãe e seu pai olhando para mim e sorrindo com a mesma gratidão.

Até aquele momento eu jamais havia me dado conta da profundidade do sorriso que ele me deu naquele dia.

Nunca subestime o poder de suas ações. Com um pequeno gesto você pode mudar a vida de uma pessoa. Para melhor ou para pior.

Deus nos coloca na vida dos outros para que tenhamos um impacto, uns sobre o outro de alguma forma.

Pense nisso

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com