• Seja Bem Vindo!

    "Que a sua felicidade esteja no SENHOR! Ele lhe dará o que o seu coração deseja. Ponha a sua vida nas mãos do Senhor, confie nele e Ele o ajudará."

    [Salmo 37:4-5] - [Bíblia Nova Tradução na Linguagem de Hoje]

  • Crie Múltiplas Fontes de Renda

    Crise? Crie! Veja como!

    ******************************************
    Para Profissionais MMN

    ******************************************
    Torne-se um Mestre no Google Adwords

    ******************************************
    Internet Marketing

    ******************************************
    Magnet Blog

    ******************************************
    Magnet Copy

    ******************************************
    MagneTube

    ******************************************
    Auto Responder

  • Pagerank 1
    Medir

  • Acessos

    Criar site

A Coragem de Errar. (Ou Acertar)

Quando o fim do ano se aproxima, alguns de nós temos o costume de começar a rever aquilo que foi feito de bom, e também o que não foi tão bom assim em nossas vidas. No que diz respeito à vida profissional esta avaliação geralmente enfoca aspectos como relacionamento no ambiente de trabalho e desempenho no que diz respeito à realização de tarefas específicas.

Se você ainda não começou o seu “balanço”, deixo a sugestão de começar logo a fazê-lo, pois este é um hábito muito rico que pode nos ajudar a identificar pontos fracos e fortes para nosso desenvolvimento. Mas cuidado; não se deixe abalar caso descubra que cometeu alguns erros pelo caminho. Isto porque erros nem sempre são sinal de incompetência; algumas vezes pode até mesmo ser o contrário.

Fazendo meu próprio balanço descobri que neste ano errei diversas vezes. Alguns erros foram relativamente grandes e nada trouxeram de bom, muitos outros foram pequenos erros cujas conseqüências puderam ser sanadas sem maiores danos. Mas em especial ficou marcada uma situação na qual cometi um “erro”, e sofri conseqüências inusitadas.

A questão foi que resolvi agir em uma situação que precisava de “ação imediata”, mas na qual eu não me sentia totalmente seguro. Embora eu houvesse já iniciado a busca pelos elementos que me permitiriam um posicionamento claro, o outro lado precisava com urgência de uma resposta. Foi então que decidi me posicionar, mesmo com os poucos elementos disponíveis que tinha, e enviei a resposta com as ações a serem tomadas. 24 horas depois recebi as informações que faltavam e minha reação foi: Errei!

Três dias depois toca o telefone e o chefe me chama. Gelei. Mas fazer o que, engoli seco e subi as escadas já esperando pela “paulada” na cabeça. Chegando lá me olhou seriamente e soltou:

__ Bruno, você tomou uma decisão na semana passada, a respeito de nossos fornecedores, e o resultado é que acabamos pagando 12% a mais! (Breve Pausa)…__Meus parabéns!

__ Você está me dando parabéns porque acabei autorizando um serviço que custou mais caro, em vez de esperar o fornecedor mais barato?

__ Não! Estou te parabenizando por avaliar a urgência da situação e entender que não poderíamos esperar pela resposta do fornecedor mais econômico. Caso não tivéssemos fechado com este o prejuízo seria bem maior, especialmente no relacionamento com nosso cliente.

Pois vejam, assumi o risco de errar e fui parabenizado. É claro que em outras vezes assumi o mesmo risco e não recebi os parabéns, pois o erro foi um “erro” mesmo, e não trouxe nada de positivo. De qualquer forma o que quero dizer é: Só não erra quem não arrisca.

Se você não cometeu sequer um erro ou engano ao longo do ano, pode ser que isto seja um sinal de que você ousou muito pouco; que fez o que sempre fez, da forma que sempre faz. Acredite: Isto não é exatamente algo positivo.

O profissional que erra é muitas vezes o profissional que busca melhorar processos ou se arrisca tomando decisões importantes. É claro que assumir riscos calculados é bem diferente do que sair se atrapalhando com tudo pelo caminho. A qualidade nos processos cotidianos deve ser uma busca constante, só não devemos é abandonar o ímpeto de crescer, ou fraquejar diante de uma situação nebulosa, paralisados pelo medo de errar.

Afinal, como disse Dale Carnegie: Se você puder se assegurar de estar totalmente certo pelo menos 51% das vezes, pode ir a um cassino e ficar rico hoje mesmo!

Pense nisso

Deus abençoe sua vida

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: