• Seja Bem Vindo!

    "Que a sua felicidade esteja no SENHOR! Ele lhe dará o que o seu coração deseja. Ponha a sua vida nas mãos do Senhor, confie nele e Ele o ajudará."

    [Salmo 37:4-5] - [Bíblia Nova Tradução na Linguagem de Hoje]

  • Crie Múltiplas Fontes de Renda

    Crise? Crie! Veja como!

    ******************************************
    Para Profissionais MMN

    ******************************************
    Torne-se um Mestre no Google Adwords

    ******************************************
    Internet Marketing

    ******************************************
    Magnet Blog

    ******************************************
    Magnet Copy

    ******************************************
    MagneTube

    ******************************************
    Auto Responder

  • Pagerank 1
    Medir

  • Acessos

    Criar site

  • Anúncios

Momento tudo ou nada…


Momento tudo ou nada: as decisões consistentes

Por Roberto Shinyashiki

É preciso ter decisões consistentes, que resultem em atitudes. Somente uma mudança de atitude após uma decisão cria verdadeiras mudanças na vida de uma pessoa.

Tudo ou nada é uma decisão que você toma em um momento de despertar da consciência. Mas não basta só isso: é preciso algo mais… Uma decisão radical é insuficiente se a gente não tomar uma atitude do tipo tudo ou nada. Um despertar de consciência pode ser muito pouco sem uma mudança radical na maneira de agir.

A maioria das pessoas toma decisões superficiais: elas apenas anunciam suas decisões, não mudam as atitudes. Não dizem adeus ao passado, não abandonam velhos hábitos. Assim, com a mesma rapidez que decidem algo, desistem.

É preciso ter decisões consistentes, que resultem em atitudes. Somente uma mudança de atitude após uma decisão cria verdadeiras mudanças na vida de uma pessoa.

Se você decidir deixar a segurança de um relacionamento sem amor e abrir seu coração para uma nova relação, vai precisar encarar as conseqüências. Terá de pagar a conta de cada passo dado e sentir orgulho de superar cada novo desafio. Vai precisar aprender a celebrar cada pequena vitória.

Quem não souber enfrentar essas conseqüências, logo sentirá a necessidade de voltar para aquele relacionamento sem amor. Se você resolver sair da casa de seus pais e morar sozinho, precisará assumir o estilo de vida que seu dinheiro puder manter. Terá de aprender a cuidar das suas roupas, fazer supermercado, esquentar comida congelada, tudo isso gastando somente o que é viável para seu orçamento. É lógico que também poderá decorar sua casa do jeito que quiser e trazer seus amigos sem dar satisfação a ninguém. O importante é perceber que, com a liberdade, você recebe um brinde chamado responsabilidade. Sua autonomia deverá ser conquistada dia a dia, até que essa nova forma de viver esteja consolidada.

Se você mudar de profissão, precisará se esforçar para adquirir novos conhecimentos e se desenvolver. Terá de enfrentar uma fase de adaptação. Enfrentar o novo. Ser humilde para aprender o que você não sabe. Muitas vezes, os projetos não terão a mesma qualidade que você estava acostumado a atingir. Talvez demore algum tempo até os pedidos dos clientes chegarem. Pode ser que a insegurança apareça em alguns momentos, quando os resultados não forem os esperados. Nesse período de transição, será preciso ter muita fé e determinação para que as dificuldades não o conduzam de volta ao passado.

O mesmo vai acontecer se você decidir sair do emprego que não o satisfaz. Terá também de passar por um período de transição e executar muitas tarefas que geralmente não são agradáveis, como enviar currículos para empresas em busca de trabalho, fazer entrevistas, passar por processos de seleção cansativos e enfrentar toda uma variedade de situações de pressão. Se você não estiver realmente determinado, poderá se acomodar na situação desagradável do antigo emprego.

Essa mesma situação se passa com quem decide trabalhar em um sistema de negócios chamado marketing de rede. Nesse tipo de negócio, que vem crescendo a cada dia, as pessoas utilizam seus relacionamentos para vender produtos aos consumidores e ganham bônus nessas transações. Tomar a decisão de entrar nesse negócio é muito fácil, pois não é necessário passar por uma seleção tão rígida. Mas muita gente se frustra, pois não percebe que, para ter sucesso nesse tipo de empreendimento, é fundamental desenvolver uma nova atitude perante o trabalho. A pessoa tem de entender que, agora, é dona do próprio negócio. Se não acordar cedo para trabalhar, ela é que será prejudicada. Se não der uma boa assistência para os membros de sua rede de relacionamentos, eles não vão gerar bons resultados.

Mas algumas pessoas investem no novo negócio e não percebem que o trabalho com marketing de rede exige uma série de novas posturas. Na verdade, muitas têm a ilusão de que vão ganhar dinheiro sem trabalhar. No entanto, se não tomarem uma atitude do tipo “tudo ou nada”, as coisas não darão certo. Definitivamente, o problema não é o marketing de rede, e sim a maneira como a pessoa assume o negócio.

Afinal, uma verdadeira decisão exige uma mudança radical de atitude. Uma decisão sem mudança de atitude vira simplesmente uma ilusão ou, pior ainda, o grito de um rebelde sem causa. Barulho sem comprometimento.

Anúncios

Como Promover Mudanças?


Hum…já dizia Pablo Neruda: “Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não houve música, quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente quem destrói seu amor próprio, quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca em vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão e seu redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos e os corações aos tropeços.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando não está feliz com o seu trabalho, ou amor, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite, pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos…”.

É bem verdade que mudar envolve riscos! Entretanto, percebemos que é preciso sair da nossa zona de conforto, acreditar que pode dar certo e aceitar os novos desafios e novas possibilidades.

O artigo abaixo é excelente! É de Frederico Graef. Frederico é Membro da Sociedade Brasileira de Coaching e palestrante. Vale a pena ler! Boa leitura.

Mudanças na Vida – Como Promover

Como promover mudanças em nossas vidas? Muitos clientes me fazem esta pergunta. Pois bem, ao contrário do que pode parecer, você pode imaginar, antever e planejar a mudança. E mais, quanto mais você pensa e planeja, mais seguro e corajoso você vai se sentir em relação ao que enfrentará.

Para a mudança você precisa de 3 ingredientes básicos: sonho, valores e metas. Pegue o seu sonho e coloque-o por escrito numa folha. Pensar no papel faz uma diferença absurda e é o começo das maiores realizações. Depois investigue e tenha claros quais são os seus valores. Saiba o que é importante para você na vida. Depois crie as suas metas, condizentes com seus valores e que te aproximem do teu sonho. Escreva suas metas no modelo SMART, isto é, torne-as específicas, mensuráveis, que sejam atingíveis, que tenham relevância e que tenham um prazo.

Depois, você tem os ingredientes adicionais. Pense nas opções. Coloque sua cabeça para funcionar e deixe a criatividade vir. Vale tudo: revistas, livros, programas de televisão, dicas de amigos etc. Tudo pode criar uma imagem para você. Pense nas alternativas para atingir suas metas. Aqui o importante é você gerar pelo menos 3 caminhos que te levam para o teu objetivo.

Uma vez eleitas as 3 melhores alternativas, pegue uma nova folha e escreva os ganhos e a perdas de cada opção. Avalie os riscos e os benefícios. Nesta parte de seu trabalho será muito últil você cruzar ganhos e perdas com seus valores. Geralmente, a melhor escolha salta aos olhos.

Depois vem a parte do planejamento. Como fazer isso? Não fique nervoso. Seu cérebro é uma máquina perfeita e vai te mostrar os caminhos. Caso você não crie um plano, fique tranqüilo pois existem várias técnicas de planejamento. Uma delas é pensar de trás para frente, isto é, imagine ou pense no seu objetivo realizado. Depois pense qual seria o passo imediatamente anterior. Depois qual o imediatamente anterior e assim por diante. Pronto, você terá uma séria de marcos (como se fossem pontos numa estrada) de coisas que devem ser feitas .

Na sequência, vem a fase em que você age. Para muitos , esta é a fase mais difícil, uma vez que tudo está escrito, tudo está no papel, tudo está pronto, mas falta a coragem, pegar a coisa e fazer. E agora? Minha dica é vá lá e faça. Esta é a fase que mais vale fazer do que pensar. Faça logo. Não pense muito. Caso tenha medo, enfrente este medo. Lembre-se que medo pode ser bom pois pode te manter atento e precavido. O medo é como uma criança de 2 anos que não quer ir ao supermercado com você. Você não negocia muito com ela. Você simplesmente a pega e a leva ao supermercado, mesmo que ela chore. Com o medo é a mesma coisa. Leve ele com você e faça o que tem que ser feito.

De qualquer forma, te asseguro que os passos acima descritos de valores, metas, opções, ganhos e perdas, escolha de alternativas, planejamento e ação vão aumentar em muito a tua coragem. Você pode ficar relaxado e tranqüilo pois terá uma clareza imensa com todo o seu trabalho no papel. Agora é com você. Seja o dono da sua vida! Pegue uma folha e comece, faça, aja. Não se preocupe em fazer tudo perfeito. Foque em começar e agir pois somente quando você age você colhe resultados.

Boa sorte e mais sucesso!
Deus vos abençoe grandemente

André e Simone Calamita
http://empreendedoresinspiracao.blogspot.com
http://www.recrutafacil.com/andreesi